domingo, 22 de maio de 2016

URGENTE. JUIZ PROÍBE ENTRADA DE ATIVISTAS DE DIREITOS HUMANOS NA FAZENDA SANTA MARIA




O Juiz Geraldo Dutra, da comarca de Foz do Iguaçu, proibiu na tarde de ontem, a entrada dos defensores dos direitos humanos que estavam levando ajuda humanitária às famílias dos agricultores sem terra despejados ​da Fazenda Santa Maria. 

Duas equipes de ativistas de direitos humanos foram impedidas de entrar no local onde homens, mulheres e crianças estão sendo vítimas uma verdadeira operação de guerra. 

Casas, móveis e roupas sendo destruídos por uma retroescavadeira e caminhões basculantes fornecida pelos donos da fazenda (por sinal, envolvidos na Operação Lava Jato) e pelo prefeito de Santa Terezinha de Itaipu. 

A proibição é mais uma forma de pressão sobre os agricultores, que desde terça-feira vêm sendo evacuados e suas casa e hortas destruídas.














Nenhum comentário:

Postar um comentário