quinta-feira, 26 de abril de 2018

Professor Dr. Luiz Moreira avalia nota de Dilma Rousseff sobre a delação de Palocci

Nas palavras do ex-conselheiro do Ministério Público:

A partir da nota de Dilma é de se considerar que a lei de delação (12.850, de 2013) não conta com sua simpatia.
Entretanto, referida lei foi por Dilma promulgada.
Sobre a lei da delação:
É possível identificar seus padrinhos no governo Dilma: Beto Vasconcelos e Zé Eduardo.
Minha pergunta é a seguinte:
O que levou um governo, composto por pessoas que sofreram torturas, a apostarem num punitivismo tal?
Será que supuseram que o aparelho da repressão tinha se tornado (como num passe de mágica) doce?
Minha hipótese é a seguinte:
Um certo sentimento de repulsa às injustiças leva parte da esquerda a considerar a cadeia como remédio.
Trata-se de resposta intuitiva, portanto.
Mas e quanto às áreas jurídicas do Governo e das bancadas?
Bem, quanto a essas não posso ser complacente: ou não compreenderam o alcance dessas medidas e são incompetentes ou estavam apostando que tais medidas lhes trariam dividendos quando deixassem essas posições.
Pois essas medidas legislativas (delações, orcrim etc.) criaram nichos de atuação muito bem remunerados...


Nenhum comentário:

Postar um comentário